Quando trabalhamos com a prestação de serviços gerenciados de TI, um dos grandes desafios é usar o arquivo de informações geradas pelo cliente, sendo que a massa de dados pode ser muito grande em alguns casos. A solução pode ser um armazenamento em blocos.

Estudar a demanda de seus clientes e entender o que realmente é melhor para cada um deles é de sua responsabilidade, mas, para escolher a melhor metodologia de armazenamento, você também precisa conhecer as opções disponíveis no mercado.

Neste post, vamos falar um pouco mais sobre Storage, focando no paradigma de armazenamento em blocos e em tirar algumas de suas principais dúvidas sobre o tema, auxiliando você a entender onde e quando aplicar essa solução. Boa leitura!

O que é Storage?

Um dos principais serviços de TI prestados pelo MSP é o Storage de dados, ou seja, a criação de servidores para o armazenamento de dados, geralmente em nuvem, com o auxílio de algum modelo computacional.

Existem várias formas de realizar o armazenamento de dados, muito conhecidas, sendo que a principal delas é a de arquivos, separando as informações de forma hierarquizada em pastas e seguindo determinada organização. Contudo, em alguns casos, outras formas podem ser mais interessantes.

Quais são os tipos de Storage?

Existem três tipos principais de storage mais utilizados em servidores para o armazenamento de dados, sendo eles:

  • arquivos ─ tudo é hierarquizado em pastas;
  • objetos ─ as informações são divididas em objetos associados entre si;
  • blocos ─ grandes blocos de dados com identificadores únicos.

O que é armazenamento em blocos?

O armazenamento em blocos divide as informações em blocos, armazenando todos eles como pedaços separamos, tendo um identificador único para cada um.

Isso permite uma maior liberdade na hora de organizar os dados e melhorar, também, a capacidade de armazenamento, uma vez que o sistema pode utilizar todos os espaços, adequando conforme o tamanho das informações.

Para armazenar dados, o sistema pode dissociar a informação por vários ambientes diferentes e, quando solicitado, remontar os blocos e entregar ao usuário. Como não depende de um caminho único, essa solução é mais rápida que um sistema de arquivos.

Quais são as principais dúvidas sobre armazenamento em blocos?

Por fim, separamos algumas respostas para as dúvidas mais comuns que podem surgir ao ler sobre o armazenamento em blocos.

Diferenças com relação ao armazenamento de objetos

Cada uma das aplicações têm suas vantagens e uma indicação de uso. O armazenamento em blocos é mais vantajoso para alterações e acessos frequentes, enquanto o modelo de objetos é próprio para quem necessita de alta escalabilidade.

Indicação de uso do armazenamento em blocos

Empresas que trabalham com grandes transações ou demandam enormes bancos de dados, como as instituições financeiras, poderão adequar-se melhor ao uso do armazenamento em blocos.

Vantagens do Block Storage

Existem algumas vantagens ao criar um Cloud Storage com o paradigma de armazenamento de blocos. São elas:

  • conceito familiar ─ softwares e colaboradores tendem a compreender de forma rápida seu funcionamento;
  • suporte adequado ─ linguagens de programação conseguem ler em blocos;
  • permissões suportadas ─ o controle de acesso pode continuar sendo utilizado;
  • baixa latência ─ adequado para aplicações de banco de dados, melhorando a produtividade.

Focamos quase que inteiramente no armazenamento em blocos neste texto, porém, ao buscar a melhor solução para os clientes de seu MSP, é preciso estudar o tema e as necessidades, melhorando sua visão sobre qual tecnologia utilizar.

Ficou com alguma dúvida? Basta deixar um comentário, que vamos respondê-lo!

Luís Montanari
Autor

Especialista em Marketing e Vendas para Empresas de TI e MSPs. Sou pai da Helenna e da Cecília, Comunicólogo, Marketeiro e Vendedor. Além de um profundo apaixonado por tecnologias e boas cervejas. Tenho mais de 10 anos de experiencia em vendas e gestão de pessoas, sendo os últimos 8 dedicados ao mercado de Tecnologia e Serviços de TI. Ao longo dos últimos anos, me especializei no mercado MSP e ajudei dezenas de empresas à redesenharem seus serviços e suas ofertas. Atuo como líder dos times de Marketing, Pré-vendas e Vendas da ADDEE SolarWinds MSP, trabalhando para transformar Empresas de Suporte em verdadeiros MSPs! #SaaS #InsideSales #Inbound #Sales #Marketing #RMM #Backup #Gestão #SPIN #BANT #B2B #MSPsummit #souMSP #TransformacaoDigital

Escreva um comentário

Share This