Autor

Paula Porto

Browsing

Saiba agora mesmo como aumentar a produtividade utilizando o BPMS

Vivemos em uma era de alta competitividade, em que o tempo é uma valiosa moeda de troca. Sendo assim, muitas empresas buscam a otimização de seus processos, contando com um impacto positivo no faturamento. Mas afinal de contas, como alcançar esse estado de organização? Pensando nisso, elaboramos este artigo para discutirmos sobre o BPMS. Aqui, compilamos as informações mais importantes sobre o tema, definindo conceito, elencando vantagens e também, demonstrando a utilização prática dessa ferramenta no aprimoramento de uma equipe. Acompanhe! Qual a diferença entre BPM e BPMS? O universo administrativo sempre foi repleto de siglas e métricas, que servem como ferramentas na orientação dos gestores na direção correta. Mas em meio a essa “sopa de letras”, muitos profissionais ficam confusos na distinção de termos parecidos. Por conta disso, preparamos esse tópico para diferenciar o BPMS de um conceito próximo, o BPM. O BPM é uma sigla que abrevia o…

Proteção web para usuários: como melhorá-la?

A expansão da internet, a computação em nuvem e a popularização dos smartphones nos colocaram em uma situação inimaginável até um tempo atrás: estamos conectados 24 horas por dia. Há muitos fatores positivos nesses avanços, pois o acesso à informação nunca foi tão democrático, mas eles também exigem uma maior preocupação com a proteção web. No mundo corporativo, boa parte das reuniões passaram a ser realizadas por videoconferências e o trabalho home office segue cada vez mais dominando o mercado. Mas a sofisticação das ferramentas online também ampliou a janela de atuação dos criminosos virtuais, que criam as mais variadas manobras para invadir os sistemas empresariais. Nesse cenário, o investimento na proteção web dos funcionários tornou-se primordial para empresas que reconhecem o compromisso com a segurança dos seus dados. A seguir, entenda em mais detalhes a importância de investir em estratégias para garantir a segurança no ambiente digital. Porque é…

O que é computação de alta performance? Entenda aqui!

Acesso ilimitado ao poderio tecnológico: esta é uma breve, porém verdadeira descrição dos serviços de computação de alta performance, que permitem infinitas aplicações no mundo moderno, seja em ambientes de pesquisa, análise, conectividade ou processamento. Com isso em mente, elaboramos este artigo para jogar uma luz sobre o tema. Afinal de contas, essa é uma solução que tem permitido a livre expressão dos profissionais em seus campos de atuação, sem que eles precisem se preocupar com as restrições inerentes à infraestrutura local. Acompanhe! O significado desse conceito Também conhecido como High Performance Computing (HPC), a computação de alto desempenho é uma inovação cada vez mais presente no cotidiano das empresas. De maneira geral, quanto mais exigentes são as tarefas computacionais, mais pertinente será o investimento em HPC. Isso acontece por conta da proposta dessa solução, que oferece um altíssimo poder de processamento a um custo relativamente baixo. Perceba que boa…

O que é backbone em TI? Saiba aqui!

A eterna busca pela eficiência na comunicação nos trouxe ao ponto em que hoje vivemos: a era do imediatismo! Em uma visão macroscópica, percebemos como a revolução digital impactou as relações das civilizações modernas, otimizando o repasse de informações em todas as suas formas. É com isso em mente que decidimos preparar este artigo, em que esclarecemos o protagonismo do backbone em TI. Ficou interessado no assunto? Confere nosso post e boa leitura! O que é backbone? Primeiro, devemos “atacar” o significado generalista desse conceito. Backbone é uma terminologia inglesa que remete à espinha dorsal da infraestrutura online. Mas, afinal de contas, por que ela recebe esse nome estranho? Pois bem, perceba que isso acontece porque o backbone tem uma função comparável à coluna vertebral na anatomia humana, garantindo a conexão e repasse de bits de informação: ora fluidos vitais na biologia, outrora dados na tecnologia. Sendo assim, consideramos essas…

Guia completo de precificação em TI

Uma das dúvidas mais recorrentes de quem está começando a empreender no mundo do suporte de TI é: quanto cobrar pelo serviço prestado? De fato, esse questionamento sobre precificação é muito natural, na medida em que, muitas vezes, o profissional ainda não tem muita referência sobre como alavancar o lucro mantendo a estabilidade e, ao mesmo tempo, praticar um preço que seja competitivo. Geralmente, o cálculo do preço de um serviço deve levar em conta os investimentos necessários para a execução, ou seja, a produtividade, que pode ser calculada por horas ou dispositivos, além do valor gerado para o cliente. Com a transformação digital e a mudança de patamar que o setor de tecnologia da informação ganhou nas empresas, não só aumentou o volume de trabalho, como também o impacto que esse serviço tem no sucesso das empresas. Em suma, podemos dizer que a precificação deve levar em conta o…

Confira 6 passos para uma gestão de demanda saudável em TI

Delegar tarefas, acompanhá-las e mensurá-las é uma das principais atribuições de um bom gestor, independentemente da área em que atua. Para quem trabalha com suporte de TI, a boa gestão de demanda faz toda diferença na relação produtividade/disponibilidade da infraestrutura do cliente, afinal, um erro ou uma perda de prazo pode travar toda uma cadeia produtiva. Nesse cenário, é importante que o gestor consiga direcionar bem as atividades, para que elas sejam executadas de forma fluida, ou seja, dentro do prazo e com a qualidade prometida. Gestão de demanda é isso, o processo que consiste em gerir todas as necessidades do trabalho, englobando ações como delegar, organizar e saber priorizar atividades. Neste post, apresentaremos 6 dos principais passos para que você consiga fazer uma gestão de demanda saudável em sua empresa. Confira! 1. Entenda quais são as reais demandas da empresa A gestão de demanda tem que se basear nas…