fbpx

A SLTECH é uma empresa que começou suas operações no mundo da TI com a venda de equipamentos e computadores. A partir de 2008, ao perceber um aumento na demanda, mudou o foco para a prestação de serviços, mais especificamente no suporte e gestão de TI. A empresa atua como consultora em situações variadas, como a orientação em relação às mudanças e atualizações tecnológicas, entregando um serviço que vai além da parte técnica e agregando valor para os seus clientes.

Essa mudança nos processos internos requer a adoção de ferramentas especializadas. Se o ponto de virada de 2008 mudou o patamar da empresa em relação aos serviços prestados, em 2017 a SLTECH resolveu dar outro salto, adotando o uso do SolarWinds RMM. Essa mudança permitiu à empresa a ampliação de sua área da atuação, passando a atingir clientes fora do estado de São Paulo e aumentando consideravelmente os ativos que gerencia.

Neste post, vamos entender melhor essa parceria entre a SLTECH e a ADDEE, mostrando como uma simples mudança de ferramentas pode potencializar a capacidade de atuação de um fornecedor de TI. O texto tem como base a entrevista feita com Sidnei Galhardi, sócio-fundador da SLTECH. Acompanhe!

Como a SLTECH atuava antes de aderir à ferramenta da SolarWinds MSP?

Depois que a SLTECH migrou do ramo de vendas para a gestão e suporte de TI, a empresa resolveu contar com uma ferramenta de help desk básica, que permitia a abertura de tickets e controle de inventários de equipamentos. Conforme foi aumentando a demanda, essa ferramenta deixou de atender bem a questão dos inventários e a empresa começou a ter dificuldade.

Após um ano e meio trabalhando com esse sistema básico, resolveram apostar em uma nova ferramenta e, assim, o sócio-fundador da SLTECH decidiu entrar em contato com a ADDEE, pois já tinha se familiarizado com a ferramenta da SolarWinds MSP, depois de participarem de uma feira de tecnologia. Em 2017, finalmente a parceria foi selada. Com a ferramenta da ADDEE, o gestor da SLTECH vislumbrou a possibilidade de fazer inventários quase em tempo real.

Um fato curioso é que, quando a ferramenta foi apresentada internamente e o gestor da SLTECH mostrou o número de ativos por profissional que a ferramenta tinha potencial de alcançar, alguns dos membros da equipe ficaram preocupados com a possibilidade de perderem espaço.

Isso porque a empresa atendia, em média, de 400 a 450 ativos, com 8 profissionais — nos Estados Unidos, as empresas que trabalham com o RMM da SolarWinds conseguem alcançar a média de 400 ativos por profissional. A tranquilidade dos colaboradores veio logo em seguida, quando a empresa afirmou que manteria a equipe, deixando claro que, ao adotar a ferramenta, o objetivo era aumentar o número de ativos por profissional.

Quais resultados foram alcançados pela SLTECH com o uso da ferramenta do SolarWinds RMM?

Em 2018, a SLTECH foi escolhida pela ADDEE como case de sucesso nacional da ferramenta devido ao crescimento que a empresa teve em um ano de uso. A organização conseguiu ter uma aderência muito boa da ferramenta nas práticas diárias, encaixando a usabilidade junto aos clientes.

Nesse período, a empresa conseguiu um crescimento bem expressivo, saindo dos 400 ativos para 1000. Atualmente, a SLTECH gerencia 1600 ativos e continua com o desejo de crescimento com a ferramenta.

Crescimento em âmbito nacional

Uma das coisas que a ferramenta da ADDEE proporcionou para a SLTECH foi um crescimento em âmbito nacional. Por exemplo, a empresa tem um cliente que conta com 10 filiais, todas elas utilizando a ferramenta SolarWinds RMM para fazer a gestão e controle de ativos. Quando atua com esse modelo de gestão, a SLTECH acaba ajudando as TIs de ponta.

Para se ter uma ideia dessa dimensão, tem uma empresa de TI em Belém do Pará que cuida do dia a dia da filial local. A SLTECH atua como uma ponte entre a diretoria regional e a sede, indicando quais são os procedimentos padrões que a matriz exige.

A ferramenta permitiu que a empresa ganhasse uma visão mais ampla dos locais onde não está presente fisicamente com frequência. Em muitos dos casos, as visitas presenciais não passam de 2 vezes por ano, para alguma vistoria ou reunião. Todo o resto é feito de forma remota, por meio de videoconferências e telefonia, sempre utilizando a ferramenta para acessar o panorama do ambiente de cada cliente.

Essas visitas raras provam que o modelo de serviços gerenciados, com o monitoramento e automação de processos, entrega perfeitamente um modelo de gestão proativo, que prioriza a disponibilidade dos clientes, agindo sempre com a prevenção. É aqui que a empresa se colocou como um MSP, provedor de serviços gerenciados, alinhando-se às atuais expectativas do mercado.

Quais são os principais desafios que a SLTECH enxerga nesse novo modelo de trabalho?

Com a adoção do modelo de serviços gerenciados, a SLTECH começou a enxergar uma dificuldade que as empresas do Brasil têm em diferenciar um serviço gerenciado do que chamamos de serviço avulso. Isso porque a maioria das organizações não entende essa diferença quando faz um orçamento de serviços de TI. Por isso, é importante que haja um estímulo cada vez maior para que esse entendimento seja disseminado não apenas para a área técnica, mas para o mercado de forma geral.

Somente dessa forma é que o mercado entenderá a importância de contar com um prestador de serviços que trabalhe com serviços gerenciados. Esse é um desafio da ADDEE SolarWinds MSP e também para as empresa que utilizam a sua ferramenta. Quanto maior for o esclarecimento, mais fácil será para os MSPs se destacarem no mercado.

A SLTECH experimentou, nesses quase dois anos de utilização das ferramentas da ADDEE, uma mudança importante em seus processos internos. O aumento de produtividade foi considerável, pois a empresa saiu dos 400 ativos para 1600 com a mesma equipe. Isso dá um reflexo muito positivo nas perspectivas de ampliação de negócios e na lucratividade.

E aí, gostou de conhecer um dos cases de sucesso da ferramenta da ADDEE? Quer contar com esse sistema de gestão em sua empresa hoje mesmo, fazendo um teste gratuito? Entre em contato conosco e descubra como.

Luís Montanari
Autor

Líder dos times de Vendas e Marketing da ADDEE e pai de duas lindas meninas. Graduado em Comunicação Social e apaixonado por vendas, política, tecnologia e cervejas. Trabalhando para transformar Empresas de Suporte em verdadeiros MSPs!

Escreva um comentário

Share This