fbpx
Categoria

Gestão, Vendas e Marketing

Categoria

Entenda as diferenças entre ferramentas open source e o SolarWinds RMM

A eficiência de softwares, serviços e soluções é um dos temas cotidianos de discussão no segmento de TI. Afinal de contas, é fundamental identificar as melhores tecnologias para a aplicação em seus setores. É nesse cenário que um embate ganha tom, em que se discute os prós e contras das ferramentas open source contra aquelas de código fechado. Com isso em mente, nossa equipe elaborou este artigo, em que apresentamos o conceito das soluções abertas e o comparamos com uma solução proprietária, o RMM da SolarWinds. Acompanhe! O conceito das ferramentas open source Antes de entender a aplicação dessas ferramentas, é importante compreender o que esse termo significa. Open source é uma expressão inglesa que, em nosso idioma, remete aos programas de código fonte aberto. Isto é, um software open source é escrito em uma linguagem de programação aberta e pública, sem qualquer restrição autoral de uma licença. Mas, afinal…

Você sabe como fazer um modelo de plano de negócio? Aprenda!

Assim como ocorre com todo empreendimento, quem quer abrir uma empresa de TI ou fazer uma expansão também precisa ter um modelo de plano de negócio. Ele vai ajudar a verificar se o negócio é viável, além de servir como guia para alcançar os objetivos propostos. Para as empresas de tecnologia, que costumam ter um alto grau de complexidade, essa preparação é ainda mais importante, pois ajuda a reduzir riscos e incertezas. Neste post, vamos mostrar um passo a passo como preparar um plano de negócio eficiente. Acompanhe! Faça uma análise de mercado Essa é uma das etapas mais importantes de qualquer plano de negócio. É ela que vai situar você na realidade, mostrando quem são os potenciais clientes, o que eles querem, como é a concorrência e quais são os possíveis fornecedores com os quais você vai ter de contar, entre outras informações. É importante dar especial atenção à…

Desvendamos 5 dúvidas sobre NetPath para você

O monitoramento de redes sempre foi um desafio complexo para as empresas, afinal de contas, como acompanhar as constantes mudanças, com tantos usuários, processos e serviços interligados? Com isso em mente, elaboramos este artigo, em que apresentamos a solução para esse dilema: a plataforma NetPath. Como você perceberá nesta leitura, essa é uma ferramenta indispensável ao gerenciamento de redes, permitindo que os operadores identifiquem os problemas diretamente em sua fonte, reduzindo o tempo de inatividade e agilizando a resolução dos inconvenientes. Sendo assim, aproveite para conhecer mais sobre a solução e como ela pode impactar a sua empresa. Acompanhe! A NetPath Desenvolvida pela SolarWinds, a NetPath é, essencialmente, uma plataforma que monitora a performance de uma rede, identificando problemas e sugerindo práticas para a resolução dessas interrupções. Por conta disso, esse software vem se consolidando como uma solução fundamental à melhoria do desempenho das redes. Mas por trás de toda…

4 cuidados com a virtualização de servidores que todo profissional de TI deve ter

Diversas empresas têm adotado o processo de virtualização de servidores como uma maneira de acabar com gargalos internos, maximizar a mobilidade operacional e diminuir custos. Mas o que é a virtualização de servidores? De maneira geral, é a divisão de recursos de um hardware em vários servidores virtuais que podem ser utilizados com objetivos distintos. É a criação da versão virtual de um servidor, de um sistema operacional. Uma estratégia que permite que o negócio atenda a uma quantidade maior de demandas de mercado com segurança e agilidade. O investimento precisa ser acompanhado de vários cuidados que podem evitar erros, reduzir o prazo para adaptação dos profissionais e facilitar a integração dos servidores no ambiente empresarial. Continue acompanhando e confira os 4 principais cuidados que um profissional de TI precisa ter com a virtualização de servidores! Boa leitura! 1. Priorize a segurança Muitos não se sentem seguros em virtualizar as…

Como fazer uma boa gestão dos serviços gerenciados de TI?.

Entre os grandes desafios que as empresas de suporte de TI enfrentam atualmente está a venda dos serviços. Por mais que tenhamos um aumento na demanda por esse tipo de trabalho, com a transformação digital a falta de experiência em temas como marketing e vendas pode impedir que um fornecedor de TI atinja o seu pleno potencial. Para conquistar e reter o cliente é necessário que seja feita uma boa gestão dos serviços gerenciados de TI. Em geral, a maioria dos prestadores de serviços MSPs tem formação técnica e não administrativa e, muitas vezes, tem dificuldade com os aspectos críticos do negócio como Gestão e Vendas. Observamos que os MSPs que se destacam no mercado conseguiram evoluir na questão gerencial, mesmo a área técnica sendo uma paixão. Para ajudar nesse desafio, deixamos algumas dicas para aqueles que estão iniciando um novo negócio ou migrando para o modelo de serviços gerenciados.…

Conheça 3 práticas para um bom gerenciamento de patches

Contar com um bom gerenciamento de patches é primordial para manter o seu negócio sempre em operação. Estamos na Era Digital e é preciso estar atento às tendências da tecnologia. Sistemas automatizados surgem a todo instante e saber lidar com essas ferramentas pode ser um diferencial de mercado. Os modelos de negócios escaláveis utilizam as comodidades da tecnologia para automatizar as atualizações de softwares e ganhar tempo livre para as demandas mais prioritárias. Conhecer as boas práticas de gerenciamento de patches pode facilitar ainda mais esse processo. O que é o gerenciamento de patches? Trata-se do termo em inglês Patch Management que significa, literalmente, remendo. A finalidade desses “remendos” é corrigir disfunções que ocorrem nos softwares, ou seja, nada mais são do que atualizações de código nos sistemas operacionais. Consiste nas tarefas de gerenciar os patches disponíveis, alocar as correções para os programas, ajustar as instalações e documentar os procedimentos…

Saiba agora mesmo como aumentar a produtividade utilizando o BPMS

Vivemos em uma era de alta competitividade, em que o tempo é uma valiosa moeda de troca. Sendo assim, muitas empresas buscam a otimização de seus processos, contando com um impacto positivo no faturamento. Mas afinal de contas, como alcançar esse estado de organização? Pensando nisso, elaboramos este artigo para discutirmos sobre o BPMS. Aqui, compilamos as informações mais importantes sobre o tema, definindo conceito, elencando vantagens e também, demonstrando a utilização prática dessa ferramenta no aprimoramento de uma equipe. Acompanhe! Qual a diferença entre BPM e BPMS? O universo administrativo sempre foi repleto de siglas e métricas, que servem como ferramentas na orientação dos gestores na direção correta. Mas em meio a essa “sopa de letras”, muitos profissionais ficam confusos na distinção de termos parecidos. Por conta disso, preparamos esse tópico para diferenciar o BPMS de um conceito próximo, o BPM. O BPM é uma sigla que abrevia o…