fbpx
Categoria

Segurança da Informação

Categoria

Ataques ransomware: 5 informações que você precisa conhecer

Nos últimos anos, os cibercriminosos descobriram formas de lucrar com a invasão de sistemas e máquinas alheias, o que gerou um grande aumento no número de ataques ransomware. Diante desse cenário, a melhor forma de se proteger e também de garantir a segurança das informações dos seus clientes é conhecer a fundo a maneira como esses ataques são realizados e as ferramentas utilizadas nessa empreitada. Neste post, reunimos algumas informações essenciais para os MSP — prestadores de serviços gerenciados — para a proteção dos dados dos clientes, evitando esses tipos de ataques. Acompanhe! 1. O que são os ataques ransomware Ransomware é um tipo de malware que não tem como objetivo destruir informações, mas sequestrar dados da máquina infectada. Ao se instalar no equipamento da vítima, o ransomware utiliza de criptografia para evitar que ela possa ter acesso às suas próprias informações, impossibilitando o uso da máquina. Em alguns casos…

Conheça os 7 principais erros de profissionais de TI nas empresas!

Nem sempre os problemas no desempenho de uma infraestrutura de TI são causados por usuários leigos ou por defeitos nos dispositivos. Em boa parte dos casos, o que temos são erros de profissionais de TI, seja por escolhas equivocadas, seja por negligência em relação à segurança e atualizações necessárias. Não estamos falando de má-fé ou falta de profissionalismo. Várias vezes, essas falhas acontecem por falta de conhecimento, de habilidade com o uso de certas tecnologias ou mesmo por vícios profissionais. Isso não significa, contudo, que elas não precisam ser solucionadas. Pensando nisso, para ajudar você a fazer uma autoanálise, veremos hoje os 7 principais erros de profissionais de TI nas pequenas empresas. Continue lendo e confira! 1. Colocar os roteadores em locais inadequados Uma internet lenta, além de atrasar processos e prejudicar a produtividade da empresa, pode tornar o dia a dia dos profissionais bem mais estressante. Ninguém merece ter…

Gerenciamento de patches: saiba como funciona e qual é a sua importância

Um dos principais objetivos de um MSP (Managed Service Provider) é não apenas manter todo o ambiente de TI de seus clientes atualizado, mas realizar um gerenciamento de patches para garantir que eles detêm as versões ideais para suas necessidades. Por exemplo, imagine um contador, que precisa trabalhar com os softwares emitidos pela Receita Federal. Algumas atualizações do Java, linguagem em que muitos desses sistemas são baseados, podem fazer com que eles deixem de funcionar. Para evitar um transtorno como esse, o gerenciamento de patches não é apenas um ponto opcional — ele é fundamental dentro de uma estratégia de prestação de serviços gerenciados de TI. Vamos discorrer um pouco mais sobre isso a seguir. Acompanhe! O que são patches e qual a importância do seu gerenciamento Em uma tradução literal do inglês, patch significa remendo e, basicamente, são as pequenas atualizações lançadas pelo fornecedor de software para a correção…

Quais são as melhores práticas de segurança da informação?

A tecnologia tem se tornado cada vez mais indispensável dentro das organizações. Assim sendo, o risco de exposição e perda de dados aumenta, uma vez que tudo está armazenado no virtual. Dentro desse cenário, o tema segurança da informação vem crescendo. Os clientes buscam fechar acordos com prestadores de serviços de TI gerenciados que tenham a capacidade de assegurar a proteção e a continuidade de seus negócios em qualquer tipo de evento que possa vir a ocorrer. Com isso, o papel dos MSPs passa a ser fundamental para garantir a segurança dos dados de seus clientes, evitar perda ou roubo de dados e manter a disponibilidade dos serviços. Continue a leitura e confira algumas das melhores práticas para isso! Camadas de segurança Antes mesmo de falar sobre as boas práticas a serem utilizadas na proteção da informação, convém mencionarmos as camadas de segurança. Isso porque essa abordagem, que divide as…

LGPD: Entenda como a nova lei de proteção de dados irá impactar a vida do MSP

O crescimento de capacidade de internet, aliado ao barateamento e popularização das ferramentas de acesso — smartphones, notebooks, PCs e tablets —, fizeram com que houvesse uma explosão na produção de dados a nível mundial. Com o crescimento das redes sociais e dos aplicativos hospedados em nuvem, os dados pessoais começaram a ficar cada vez mais expostos, o que levou especialistas e legisladores do mundo todo a fazerem uma reflexão sobre a criação de leis específicas, para a regulação da utilização de dados de forma comercial pelas empresas. Aqui no Brasil, essa discussão foi estendida por anos, mas ganhou um senso de urgência quando foi revelado o escândalo do vazamento de dados referentes à última eleição presidencial dos Estados Unidos, em que dados de usuários do Facebook foram coletados pela empresa Cambridge Analytica e utilizados de forma estratégica no pleito. Em agosto deste ano foi sancionada a LGPD (Lei Geral de Proteção de…

Segurança da informação: entenda como identificar as deficiências na infraestrutura de TI

Mesmo quando falamos em serviços gerenciados de TI, no qual o foco é a ação preventiva e proativa, pode ser que a segurança da informação esteja sendo negligenciada por conta de pequenas deficiências na infraestrutura de tecnologia. O que muitas vezes acontece, é que determinados pontos críticos, fundamentais em certos momentos, não recebem a devida atenção, sendo que, quando são necessários, acabam por não suprir a necessidade. Neste post, vamos falar um pouco mais sobre os principais pontos básicos dentro de uma infraestrutura de TI, que devem ser contemplados para garantir a eficiência e proteção de seus clientes. Acompanhe a leitura e confira essas informações! Qual a importância da análise da infraestrutura para a segurança da informação? A tecnologia deixou de ser apenas um ponto de apoio dentro das organizações para se tornar fundamental para a maioria das empresas. Hoje, é difícil imaginar o funcionamento de alguns mercados, como o financeiro,…

Inventário de rede: entenda como funciona e qual a sua importância

Muito mais do que um simples mapeamento de equipamentos e licenças, o inventário de rede é aquele que identifica a relação de softwares, hardwares, comportamento de uso e demais fatores que afetam o funcionamento da infraestrutura de TI de uma empresa. Com ele, é possível garantir a segurança dos dados do negócio e o correto uso de licenças de uso que podem ser foco de fiscalizações e acarretar multas caras se estiverem em desacordo com as normas do acordo realizado. O responsável pela rede também pode estimar a extensão dos impactos que qualquer modificação na infraestrutura atual possa causar e como se preparar para elas. Mas, mais do que isso, o inventário de rede pode gerar negócios, o que nem todas as prestadoras de serviço de gestão de TI estabelecem como foco. Quer entender como ele pode gerar mais resultados para a empresa e sua importância para o sucesso dos seus clientes? Acompanhe. Como funciona um inventário de rede? O inventário de…