Um dos maiores desafios que as empresas do mercado de TI têm que enfrentar é o de sair da zona de conforto e adotar uma estratégia que busque a inovação. Por mais que a sua empresa tenha certa estabilidade, com uma cartela de clientes consolidada, se ela não acompanhar a evolução natural do setor correrá o risco de mercado a médio e longo prazo.

Ao tratar o cenário empresarial de forma plana, sem preocupação em inovar e se destacar, a sua empresa correrá o risco de ser ultrapassada até mesmo pelos concorrentes que você não considera uma ameaça aos seus negócios.

Um bom exemplo disso é a Netflix. A queridinha dos amantes das séries nunca foi uma ameaça real para a Blockbuster até identificar o potencial das transmissões de vídeo em streaming e prever o crescimento da capacidade da banda larga a médio prazo.

Em poucos anos, derrubou aquela que era até então a maior rede de locadoras de vídeo do mundo, tomando o seu lugar como top of mind quando o assunto é filmes e séries.

Para que a sua empresa de TI não corra esse risco, fizemos este texto com cinco dicas para que você possa começar a mapear, identificar oportunidades de inovação e continuar o caminho do sucesso. Confira.

1. Seja pioneiro

Você deve estar se perguntando: como posso me tornar pioneiro em um mercado tão competitivo? Fique sabendo que será necessário criar algo do zero ou reinventar a roda para ser um pioneiro no mercado de TI.

A sua empresa poderá ser a pioneira na forma de utilizar determinada ferramenta ou aplicar um novo modelo de trabalho. O pioneirismo estará no diferencial da forma como você trabalha ou em procedimentos que aumentam a produtividade ou o faturamento do cliente que os concorrentes diretos não identificarem.

Caberá a vocês identificarem essas oportunidades de pioneirismo.

2. Tenha uma equipe comprometida com a inovação

Para que a sua empresa consiga inovar e buscar o pioneirismo, precisará buscar referências externas e internas. As externas deverão ser baseadas em análises de mercado, concorrência e novas tecnologias que surgem a cada dia. Os insights internos devem partir da identificação do que é possível melhorar em sua estrutura atual e nas métricas em relação aos processos internos.

Para que tudo isso seja possível, você precisará contar com equipe que esteja 100% alinhada com a sua estratégia de inovação. Crie programas de incentivo para que todos os membros da sua equipe se motivem a dar sugestões de inovação e melhorias. Afinal, ninguém está tão imerso nos problemas e ferramentas da sua empresa quanto eles.

Não esqueça de dar os feedbacks sobre as sugestões deles, inclusive das que não puderem ser implementadas, explicando os motivos para que não se desmotivem.

Quer descobrir como está o nível de engajamento da sua equipe em relação à inovação?

Abra o seu editor de texto ou pegue um papel e uma caneta, e faça um checklist com perguntas pontuais como, por exemplo:

  • a minha equipe está por dentro das novas tendências tecnológicas?
  • ela está mais focada na parte operacional do suporte ou na satisfação dos clientes?
  • como posso capacitá-la para buscar inovações que contribuam para o sucesso do cliente?
  • tenho um método ou ferramenta para colher e avaliar as sugestões de inovação da minha equipe?
  • o meu orçamento permite a criação de uma equipe que fique responsável pela inovação e melhoria contínua?

Enfim, escolha as perguntas que forem mais pertinentes para o seu momento atual e depois crie um plano de ação.

E-book gratuito - Conquistar clientes

3. Invista em marketing digital

No cenário atual, é quase impossível se destacar e inovar no mercado de TI sem uma estratégia de marketing digital. Se a sua empresa ainda não tem forte presença on-line, fique sabendo que os seus concorrentes têm.

Os consumidores estão mais exigentes e ativos, eles não se baseiam em mídias tradicionais para conhecer ou escolher um produto ou serviço, buscam soluções por conta própria na internet. Dão preferência a empresas que oferecem conteúdos relevantes e são autoridades em suas áreas de atuação.

Entre as principais estratégias e ferramentas de marketing digital estão:

Blog

Nele você deverá postar conteúdos relevantes para solucionar problemas do seu público-alvo e prospectar leads, potenciais clientes.

E-mail marketing

Para se aproximar mais do lead, educando e guiando-o até a conversão, seja uma venda de produto, seja a prestação de um serviço.

SEO

Técnicas para melhorar o ranqueamento do seu blog ou site, com o objetivo de colocá-lo na primeira página dos mecanismos de busca.

Anúncios pagos em redes sociais

Quando você identificar a rede social em que o seu público-alvo está, poderá criar anúncios para divulgar seus serviços, impulsionar sua página ou algum conteúdo específico.

Ao apostar no marketing digital,gastará menos do que gastaria em mídias tradicionais, será encontrado por pessoas mais propensas a fazer negócio com você e poderá medir os resultados de cada estratégia de maneira precisa.

4. Venda uma experiência, não somente um produto

Um dos grandes erros dos profissionais de TI é focar somente o produto ou serviço, sem se preocupar com os objetivos da empresa do cliente. Essa atuação se mostra cada vez mais ultrapassada, pois as empresas de TI inovadoras são aquelas cujos processos vão além da prestação de serviços, visando ao núcleo do negócio do cliente, ao seu sucesso

É necessário estreitar essa relação para que o cliente não enxergue o profissional de TI apenas como um “mal necessário”, e sim como um dos pilares para o sucesso do seu negócio, contribuindo para a melhoria das equipes de produção e qualidade.

A melhor maneira de alcançar esse objetivo é mudando o modelo de serviço prestado do modo reativo para o proativo.

5. Modernize o seu modelo de prestação de serviços

Apesar de estar ultrapassado, muitas empresas do mercado de TI ainda trabalham de modo reativo, ou seja, só agem depois que um problema acontece.

Por mais que você se sinta confortável trabalhando dessa forma e tenha seus clientes fiéis, se não mudar a forma de trabalhar terá grandes chances de perder o seu mercado para empresas e profissionais que trabalham com o modelo de serviços gerenciados.

Enquanto os profissionais reativos são resolvedores de problemas, que só chegam depois que a produção já parou, os MSPs (Managed Service Provider ou provedores de serviços gerenciados) agem antes de o problema acontecer, mantendo a produtividade dos clientes, trabalhando de forma proativa e preventiva. Você ainda tem dúvidas de qual é o caminho da inovação?

Não existe fórmula mágica — a inovação tem que partir da predisposição, seguida da identificação de oportunidades, do planejamento e da atitude. O crescimento do mercado de TI é exponencial, e caberá a você e à sua equipe definir qual é o papel da sua empresa nesse caminho rumo à  inovação.

Gostou do texto? Então, continue com a gente e confira o nosso passo a passo para a prestação de um suporte de TI bem estruturado. Boa leitura!


Luís Montanari
Autor

Graduado em Comunicação Social, o líder dos times de vendas e marketing da ADDEE SolarWinds MSP é pai de duas lindas meninas e apaixonado por política, tecnologia, cerveja e também pelas singularidades das pessoas. Seu maior objetivo profissional é transformar empresas de suporte em verdadeiros MSPs!

Escreva um comentário

Share This