fbpx

Os protocolos de segurança e as camadas de transporte são recursos que permitem o tráfego seguro na internet. Eles estão presentes quando acessamos um site, fazemos uma compra online ou enviamos nossos dados. Essas medidas são necessárias para manter o uso ético e seguro da comunicação entre computadores e desempenham um papel importante para empresas que desejam proteger seus dados.

Para que sejam efetivos, os protocolos de segurança devem assegurar a procedência da informação e que a mesma não foi modificada durante o caminho, ou que terceiros tiveram acesso a ela.

Existe uma boa quantidade de protocolos de segurança por aí, mas, neste artigo, falaremos de TLS, SSL e HTTPS, siglas já conhecidas na área de TI e que são as mais utilizadas para garantir a proteção de dados na web. Confira!

Quais são os protocolos de segurança?

Existem diversos protocolos de segurança criados para situações específicas. Porém, neste artigo, vamos explicar os principais e mais comumente usados. São eles: TLS, SSL e HTTPS. E você provavelmente já se deparou com eles navegando na internet. Mas, para começar, falaremos do TLS. Vamos lá!

Como funciona o TLS?

O TLS é um protocolo de segurança que se divide em subprotocolos e tem como principal objetivo a proteção ao utilizar a criptografia junto a outros recursos. Ele consegue estabelecer a conexão segura entre dois sites, independentemente da forma que foram estruturados. Ele pode acoplar novas extensões, eliminando a necessidade de se criar novas bibliotecas de dados.

O TLS é comumente utilizado em sites e programas por conseguir certificar digitalmente a proteção dos dados utilizados.

Como funciona o SSL?

O protocolo SSL utiliza a confirmação de identidade para proteger comunicação entre cliente e servidor. É necessário, também, fazer uma verificação do nível de confiança da página ou aplicação para que seja possível acessá-la.

Para que o protocolo SSL entre em ação, ele deve ser iniciado pelo cliente que pede a conexão segura com o site. Na sequência, o navegador solicita ao endereço o certificado digital que validará as informações de segurança. Com as informações confirmadas, é possível acessar o conteúdo e, então, trocar mensagens com o site.

Leia mais: Entenda os principais riscos à segurança da informação

Como funciona o HTTPS?

O HTTPS é o mais visível dos protocolos e pode ser visto antes do endereço web. Ele é uma versão mais segura do HTTP, já que conta com uma camada extra de defesa. Comumente usado em sites de e-commerce, o HTTPS dialoga com o TLS para validar a certificação digital do endereço e criar uma criptografia que evita ameaças externas, como vírus e hackers.

Para que um protocolo de segurança faça suas devidas funções, é importante realizar o monitoramento dos mesmos com frequência. A manutenção das camadas de segurança deve ser feita junto a profissionais da área de TI – afinal de contas, a assistência feita por quem conhece o processo garante o melhor funcionamento dos protocolos.

Se você deseja saber mais sobre proteção na web e como preservar seus dados, não deixe de nos seguir nas redes sociais e ficar por dentro das novidades!

Luís Montanari
Autor

Pai da Helenna e da Cecília, Gestor Comercial da ADDEE SolarWinds MSP e líder dos times de Marketing, Pré-vendas e Vendas. Graduado em Comunicação e apaixonado por tecnologia e cervejas. Trabalhando para transformar Empresas de Suporte em verdadeiros MSPs!

Escreva um comentário

Share This