fbpx

Um dos problemas mais comuns nos setores de tecnologia é como montar um bom relatório de TI, que permita analisar de forma contundente o desempenho das medidas e tecnologias utilizadas.

Como você oferece serviços gerenciados de TI, fornecer bons relatórios de TI aos seus clientes passa a ser uma obrigação, pois é parte do processo de fidelização e valorização de suas ações.

Neste post, vamos falar um pouco mais sobre a importância de um bom relatório e indicar como você, gestor, pode começar a criar documentos mais ricos em informação relevante. Boa leitura!

Qual a importância dos relatórios de TI?

Como o seu cliente poderá dizer que os serviços que sua empresa presta são realmente fundamentais para ele? O relatório condensa diversas informações, ocorridas em determinada janela de tempo, em algo simples e claro.

Além disso, esse documento tem uma visão estratégica para ambas as partes. O cliente pode avaliar seu negócio e ter insights acerca de que caminho seguir, enquanto sua empresa pode verificar se as soluções prestadas estão de acordo com o contratado e buscar melhorias.

Outro ponto muito interessante é a avaliação da qualidade do trabalho de seu time. Um relatório bem construído pode mostrar todas as suas falhas de atuação que, quando corrigidas, podem gerar mais negócios.

Como montar um bom relatório de TI?

Existem diversas métricas que podem ser analisadas e acompanhadas dentro do setor, sendo que a necessidade ou não de inseri-las depende quase exclusivamente de seus objetivos. Porém, algumas são fundamentais. São elas:

  • inventário de dispositivos — uma lista completa acerca de todos os equipamentos que estão sendo monitorados e controlados no cliente;
  • hardware e software — conjunto de informações estratégicas acerca do hardware e software utilizado no cliente com dados como atualizações e últimas utilizações;
  • auditoria de usuário — controle de acesso completo de todos os usuários, com informações acerca da navegação e utilização da ferramenta;
  • proteção antivírus — dados sobre as ameaças evitadas, arquivos enviados para a quarentena e todas as ações de proteção realizadas pelo software de proteção;
  • integridade do backup — informações completas acerca de toda a rotina de backup, últimas cópias realizadas, arquivos, dados salvos e mudanças efetuadas;
  • disponibilidade — tempo total em que os sistemas ficaram disponíveis aos usuários durante determinada janela de tempo;
  • tempo médio de atendimento — uma média geral acerca do tempo utilizado pelos técnicos para encerrar um chamado solucionado;
  • horas por correção — tempo médio gasto para corrigir erros de software ou hardware que venham a ocorrer nos clientes.

Qual a melhor ferramenta a se utilizar?

Você já sabe do valor estratégico de um relatório de TI para o seu negócio e quais métricas acompanhar, porém, ainda é preciso entender qual a ferramenta ideal para emitir tais documentos.

O SolarWinds® RMM (Remote Monitoring & Management), solução ofertada pela ADDEE para o controle remoto de ativos de TI, conta com uma funcionalidade exclusiva para a geração de relatórios.

Essa função não apenas permite que você e seu time tenham acesso a uma série de documentos pré-programados, como também garante a criação de relatórios personalizados, maximizando sua produtividade.

Com isso, encerramos este post esperando que você possa ter compreendido o valor que os relatórios de TI têm na gestão de seus serviços.

Por fim, convidamos você a conhecer mais sobre o SolarWinds® RMM e suas diversas funcionalidades!

Rodrigo Gazola
Autor

Com muitos anos de experiencia em TI, trabalhando 24 horas por dia, 7 dias por semana, dá aula sobre excelência em workaholic. Apesar de ser especialista em MSP, adora quando o assunto é backup. Rodrigo esbanja bom humor (diz a lenda que seu segredo é cerveja, churrasco e Rock'N'Roll) e é o mais ativo daqui, já até pensou em rodar o mundo em cima da sua bike.

2 Comments

  1. Avatar

    Não há integração entre o RMM e o Hep Desk, que a meu ver é um grande gargalo.
    Além da maioria dos relatórios listarem coisas inúteis para o cliente, também, são complexos e possui uma organização dos elementos que fica muito aquém daquilo que se espera da ferramenta. Em outras palavras, são feios, complexos e inúteis. Desde já peço desculpas pelos termos utilizados, porém reflete aquilo que penso sobre.

    Em minha opinião, é algo que precisa evoluir em grandes proporções, pois demonstrar a importância que nosso trabalho tem junto ao cliente, hoje, por meio de relatórios é totalmente impossível. Após exaustivos análises e estudos de qual relatório enviar aos nossos clientes, selecionamos dois (os menos piores) e adotamos o processo de envio mensal, porém, apenas para cumprimento de protocolo. Infelizmente.

    • Paula Porto
      Paula Porto Reply

      Olá Leandro obrigado pelo seu feedback, ele é muito importante para nós. A SolarWinds MSP hoje possui um canal de sugestões de melhorias e novos recursos onde os usuários podem sugerir novas idéias ou votar nas idéias já existentes para que elas sejam desenvolvidas. Que tal incluirmos suas dicas lá? O canal é aberto para todo usuário RMM, basta acessar https://success.solarwindsmsp.com/feature-request/ para contribuir com o crescimento da plataforma. Além disso gostaríamos de entender um pouco mais de quais informações e relatórios seriam bons para você e como está utilizando hoje, além de debatermos um pouco sobre a integração do servicedesk que aparentemente não te atendeu. Vou pedir para que um especialista entre em contato e marque um horário para conversarmos ok? Saiba que a integração do Servicedesk com o RMM inclui a sincronia dos clientes, sites e ativos, a automatização de abertura e fechamento de chamados e a integração de recursos compartilhados como o acesso remoto. Quais outros recursos crê que seria legal integrarmos? Quanto aos relatórios, realmente as informações são técnicas e os relatórios são indicados para uso interno. O único relatório para uso com clientes finais é o relatório executivo resumido, que realmente é mais amigável a interpretação de nossos clientes.

Escreva um comentário

Share This