Tag

BACKUP GERENCIADO

Browsing

Restore de dados: como está o backup dos seus clientes?

Dentro de uma empresa, a rotina de backup é fundamental para a proteção da informação. Porém, o ponto mais importante e muitas vezes ignorado é o restore de dados. O principal objetivo do backup é salvaguardar a informação e poder utilizá-la novamente — especialmente no caso de acontecer algum imprevisto, como falha de servidores, ataques de cibercriminosos ou, até mesmo, algum evento natural que possa fazer com que os dados se percam. Contudo, para que o backup possa ser utilizado e a continuidade dos negócios possa ser alcançada, o restore de dados precisa funcionar perfeitamente. Neste post, vamos falar um pouco mais sobre o assunto e auxiliar você a realizar essa verificação. Acompanhe! O que é restore de dados? A rotina de backup é composta por dois momentos muito importantes. O primeiro é quando os dados são copiados de forma seletiva para serem armazenados em um determinado espaço seguro. O…

Inventário de rede: entenda como funciona e qual a sua importância

Muito mais do que um simples mapeamento de equipamentos e licenças, o inventário de rede é aquele que identifica a relação de softwares, hardwares, comportamento de uso e demais fatores que afetam o funcionamento da infraestrutura de TI de uma empresa. Com ele, é possível garantir a segurança dos dados do negócio e o correto uso de licenças de uso que podem ser foco de fiscalizações e acarretar multas caras se estiverem em desacordo com as normas do acordo realizado. O responsável pela rede também pode estimar a extensão dos impactos que qualquer modificação na infraestrutura atual possa causar e como se preparar para elas. Mas, mais do que isso, o inventário de rede pode gerar negócios, o que nem todas as prestadoras de serviço de gestão de TI estabelecem como foco. Quer entender como ele pode gerar mais resultados para a empresa e sua importância para o sucesso dos seus clientes? Acompanhe. Como funciona um inventário de rede? O inventário de…

5 dicas essenciais para evitar riscos com ransomware

Dentre as diversas ameaças circulando na rede atualmente, os riscos com ransomware são alguns dos problemas mais prejudiciais para as empresas e, com isso, os prestadores de serviços de TI devem estar sempre atentos para evitar que seus clientes acabem vítimas desses ataques. Esse tipo de malware, além de muito prejudicial a empresa que teve suas máquinas infectadas, ainda pode levar a muitos prejuízos pelas dificuldades em recuperar os dados bloqueados. Sendo assim, reunimos algumas dicas muito importantes neste post para que você possa melhorar a proteção de seus clientes contra os ransomware e, dessa forma, evitar que suas máquinas sejam infectadas. Acompanhe a leitura! O ransomware Existem, hoje, diversos tipos de malwares com as mais diferentes maneiras de agir ou objetivos. Com a evolução da tecnologia, também surgiram muitas formas de ataques desenvolvidas por cibercriminosos, sendo uma delas o ransomware. Esse código malicioso tem como principal objetivo realizar o sequestro da máquina…

Backup e ISO 17799 – o que eles tem em comum?

Você sabe o que é a ISO 17799 e de que modo ela funciona? Independentemente da sua resposta, este artigo foi preparado para apresentar os seus principais pontos. Como regra geral, todo tipo de norma tem por objetivo estabelecer princípios e critérios, definir as melhores práticas e promover a uniformidade dos processos, produtos ou serviços. Em outras palavras, as normas podem ser descritas como procedimentos que visam garantir a eficiência e a qualidade de determinada atribuição, área ou atividade. Para contextualizar, a sigla “ISO” nada mais é do que a representação da International Organization for Standardization, uma entidade fundada em 1947 na cidade de Genebra, Suíça. Sua atuação é baseada na agremiação de padronizações e normatizações cujo reconhecimento compreende pouco mais de 200 países — normalmente, de interesse técnico e/ou econômico. Dito isso, vamos ao que de fato importa: a ISO 17799. Se você deseja aumentar a confiabilidade do seu…

Como realizar o backup e recuperação de sistemas?

Oferecer o serviço de backup e recuperação é uma ótima oportunidade comercial para o prestador de serviços gerenciados. Muitas soluções e empresas realizam o arquivamento local dos dados e outras utilizam a nuvem como destino do arquivamento. No entanto, o serviço profissional de backup é um conceito que vai muito além dessas práticas. Vamos abordar mais detalhadamente o assunto neste artigo. Acompanhe e entenda melhor a relevância do backup e como executá-lo corretamente. Qual é a importância do backup como um serviço da sua empresa? O backup só tem valor se for possível restaurar dados, e a única forma de atingir isso é, obrigatoriamente, fazendo o acompanhamento dos processos. O prestador de serviços deve garantir que os dados possam ser recuperados e, para isso, é preciso que todas as falhas sejam identificadas e corrigidas de forma imediata por meio do monitoramento e gerenciamento constantes. Por exemplo: o backup é basicamente uma cópia diária —…

Você sabe a importância do backup gerenciado? Entenda!

O backup nada mais é que a cópia de dados de um dispositivo de armazenamento para outro, para que sejam restaurados em caso da perda dos originais. Pois bem, esse é o conceito mais simples, mas você já ouviu falar no conceito de backup 3, 2, 1? Mais importante que garantir o backup seguro e sigiloso dos seus clientes, é preciso que o backup atenda à estratégia conhecida como 3, 2, 1. Vamos explicar aqui o que isso significa. Primeiro, o backup deve ser composto por três cópias de dados, sendo que duas dessas cópias têm de estar gravadas em duas mídias diferentes — disco rígido externo ou mesmo em nuvem, por exemplo — e, pelo menos, uma delas deve estar em segurança fora do ambiente corporativo. É importante entender ainda que qualquer solução de backup precisa ter validação, monitoramento e gerenciamento próximo, sendo ele obrigatório e diário. Caso não seja…

Entenda 8 erros que ameaçam a segurança de dados da sua empresa

Em um mundo que produz cada vez mais informação, graças ao exponencial crescimento da internet e barateamento das tecnologias, a preocupação com segurança de dados tem sido pauta constante entre desenvolvedores e gestores de TI. Com essa explosão de dados, criou-se um mercado negro no qual são vendidas informações pessoais e empresariais, obtidas por meios ilegais. Assim, a segurança de dados veio para garantir a integridade da informação, mantendo-a confidencial. Desse modo, ela pode ser entendida como a capacidade de se recuperar de acidentes — como ataques de adversários, falhas no disco rígido e interrupções de energia — e de se defender de cada um. O que muitos gestores e colaboradores não percebem é que, na maioria das vezes, eles mesmos são os responsáveis pelos vazamentos de dados. Pensando nisso, decidimos criar este post. Nele você conhecerá 8 erros que colocam em riscos a segurança de dados de uma empresa.…